Primeira técnica de Enfermagem do APOGEU é vacinada contra o coronavírus

É com calor no coração que o APOGEU anuncia a vacinação da técnica em enfermagem da unidade Benfica, que aconteceu na última quarta-feira, 24, em Juiz de Fora

Elaine Rodrigues da Mota Rocha é a primeira entre as seis técnicas atuantes na Rede de Ensino e integra o grupo de profissionais acima de 40 anos a ser vacinado, seguindo o plano de imunização no município. “Eu me senti muito emocionada. Em tempos tão incertos, em que tantas vidas se perderam, para mim foi gratificante. Espero ver todos ao meu redor tendo a mesma honra que eu tive”, explica a técnica de enfermagem, que atua no APOGEU há cinco anos.

Lembrando que a execução da vacinação na cidade segue de acordo com o recebimento das remessas de imunizantes e da disponibilização do número de doses pelo Ministério da Saúde. As prioridades são para os vacinadores, seguidos pelos internos e profissionais das Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPI) e por aqueles que atuam na linha de frente dos hospitais. Segundo informações da Prefeitura de Juiz de Fora, atualizadas em 24 de março, cerca de 35 mil pessoas já receberam a primeira dose da vacina, das quais 16 mil também foram imunizadas com a segunda dose.

Enquanto aguardamos o período de vacinação dos demais grupos, organizamos algumas informações importantes para sanar eventuais dúvidas sobre o tema. Confira abaixo:

 

Quais os efeitos colaterais das vacinas contra a Covid-19 e quanto tempo eles podem durar?

É comum ter reações após ser vacinado, alguns sintomas podem ser: vermelhidão, inchaço ou dor ao redor do local da injeção. Fadiga, febre, dor de cabeça e dores nos membros também não são incomuns nos primeiros três dias após a imunização. Estas reações normais são, na maioria das vezes, suaves e diminuem após alguns dias. Essa reação é um sinal de que a vacina é eficaz, pois estimula o sistema imunológico, e o organismo produz anticorpos contra uma infecção “simulada” pela vacinação.

 

Não sou grupo de risco, não sei quando serei vacinado pelo SUS. Poderei comprar a vacina em uma clínica particular?

Não. As vacinas já aprovadas pela Anvisa para uso emergencial são de uso/aquisição exclusivo(a) do Ministério da Saúde, que é responsável pela aquisição e distribuição de vacinas no Brasil.

 

As vacinas fornecerão proteção em longo prazo?

Estamos constatando que neste ano ainda continuaremos tendo que seguir estes procedimentos que muitos de nós seguimos quase como uma religião em 2020: isolamento quase completo até o surto e uso de máscaras e álcool em gel….

 

Posso suspender os cuidados convencionais após tomar a vacina?

Não. É necessário continuar com todas estas medidas por algumas razões. As vacinas não têm efeito imediato, ou seja, leva um tempo para que o organismo crie imunidade, que, em geral, ocorre 2 semanas após a segunda dose; Ainda não se sabe se as pessoas vacinadas não transmitirão mais o vírus

 

Se eu preciso continuar com os mesmos protocolos de prevenção e posso contrair a doença, por que me vacinar?

Porque sabemos que a vacina protege das formas mais graves da doença e também diminui as chances de óbito, e porque esperamos que haja uma diminuição na circulação do vírus após um número expressivo de pessoas vacinadas.

 

Os estudos com as vacinas foram feitos de forma muito rápida. É possível confiar?

Sim. O rigor e o método científico foram mantidos para todas as vacinas. Elas foram avaliadas nas 3 fases de pesquisa. O processo regulatório brasileiro, e em outras agências, também foi cumprido. A vacina foi desenvolvida de forma rápida, pois a base da tecnologia usada já existia. Além disso, pela situação de pandemia, muitas indústrias focaram todos os esforços nas pesquisas de uma vacina específica, com investimento alto. Assim, com o financiamento e o interesse científico, o processo para desenvolver e estudar vacinas ficou bem mais rápido. Além disso, como havia muitos casos da doença em todos os países durante a fase clínica de testes, foi possível termos o desfecho principal dos estudos num curto período.

 

 

"APOGEU – DOS PRIMEIROS PASSOS AO PRÉ-VESTIBULAR"