Os benefícios de cozinhar em família

“A maior rede social do mundo não é o Facebook, é a cozinha”, costuma dizer Alex Atala, conhecido como embaixador da gastronomia brasileira e proprietário do sexto melhor restaurante do mundo.

A frase já fazia muito sentido antes do período de quarentena imposto como medida preventiva frente ao avanço da covid-19, agora ganha ainda mais relevância no momento em que as famílias se encontram confinadas em casa. A praticidade de comer fora já não é uma opção. Portanto, é hora de juntos, literalmente, colocarem a mão na massa.

A nutricionista Isa Polastri ressalta: “cozinhar em família promove união, os laços entre mãe, pai e filhos são fortalecidos ao longo da tarefa de preparar o alimento, que, por ter vários processos, pode contar com a ajuda de todos. Um descasca, o outro corta, enquanto alguém mistura, outro amassa, e todos juntos aguardam o resultado daquele momento: uma deliciosa comida”.

Além da união, o preparo do alimento em família desperta nas crianças o desejo de provar comidas diferentes, aumentando seu repertório alimentar e consequentemente a oferta de nutrientes e novos sabores para o paladar.

Segundo a nutricionista, os benefícios vão além. “Trata-se de um exercício capaz de criar memórias afetivas com os alimentos e resgata momentos de avós, bisavós, pois a receita tem esse poder de nos carregar para outras gerações e contar histórias”, explica Isa.

Para as famílias com crianças em casa, a ocasião do isolamento ainda é propícia para focar na correta introdução alimentar. “É nessa fase que os pequenos, ainda sem poder de decisão sobre o alimento, passa a comer o que lhe é oferecido, aquilo que se tem na casa ou o que os pais também comem, visto que a criança cria comportamentos por repetição, exemplo e hábito”, acrescenta a nutri.

Sem dúvidas, as descobertas na cozinha vão favorecer momentos prazerosos e de muito conhecimento para todos. E, para que você já coloque em prática essa tarefa, separamos uma receita deliciosa da Isa Polastri. Reúna a família e bon appétit!

 

Pão sírio de frigideira

Ingredientes:

1 xícara de farinha de trigo comum ou integral

1/2 colher de chá de sal

1/2 xícara de água

1 colher de sopa de óleo ou azeite

Modo de fazer:

Coloque a farinha, o sal e 1/4 da xícara de água em um bowl e mexa até virar uma farofinha. Coloque o óleo e vá acrescentando o restante da água aos poucos. Vá mexendo bem com a ponta dos dedos. Quando a massa desgrudar e estiver homogênea, vá esticando e dobrando para sovar. Agora, sobre uma superfície, abra a massa em formato de cobra, corte em 10 pedaços iguais e abra cada um desses pedaços com um rolo de macarrão, polvilhando farinha para não grudar. Vire o pão de um lado e do outro até que fique fininho. Agora é só levar à frigideira antiaderente aquecida em fogo alto e deixar dourar dos dois lados. Pronto! Repita o processo com todos os pães. Você pode comer com pasta de grão de bico, de berinjela, guacamole, requeijão, fazer wrap, sanduíche, pizza, o que quiser com esse pãozinho.

"APOGEU – DOS PRIMEIROS PASSOS AO PRÉ-VESTIBULAR"