Fique por dentro das próximas ações do APOGEU!

É com grande alegria que nos dirigimos a vocês, na esperança de encontrarmos todos bem de saúde e na certeza de que nosso comunicado trará diretrizes e alento a muitos que anseiam, assim como nós, por respostas para o retorno das aulas presenciais.

Entendemos que retomar o cenário da atual situação seja desnecessário neste momento, mas temos consciência da realidade imposta e das responsabilidades que nos cabem enquanto instituição de ensino.

Diante desse contexto, das legislações e de todas as recomendações que recebemos dos órgãos competentes – MEC (Ministério da Educação e Cultura), CNE (Conselho Nacional de Educação), CEE (Conselho Estadual de Educação), além do nosso compromisso com todas as famílias, não estamos medindo esforços no sentido de buscar alternativas que atendam a todos para amenizar o impacto que a pandemia vem causando.

Sendo assim, trazemos informações importantes sobre os possíveis ajustes que faremos em nosso calendário letivo e planejamento pedagógico para quando voltarmos às atividades presenciais.

 

✔ Em relação ao Calendário Escolar de 2020:

Para os ajustes no calendário escolar, estamos levando em consideração as informações que temos até o momento de que AS ESCOLAS DEVERÃO RETORNAR AS ATIVIDADES PRESENCIAIS EM JULHO DE 2020. Nesse sentido, todo o calendário será revisto e alterado.

Por enquanto, seguimos oficialmente com o calendário enviado no início do ano letivo e que deverá ser cumprido até que o novo seja validado, por isso, estamos mantendo os recessos e feriados.

O novo calendário trará a previsão de trabalharmos de forma continuada em julho, inclusive nos 15 dias de recesso (previsto anteriormente), além de alguns sábados e feriados (caso seja necessário), incluindo novo período para as férias, garantindo a continuidade do processo pedagógico sem novas interrupções.

Ressaltamos que estamos trabalhando sobre previsões e, por isso, alguns ajustes futuros serão necessários.

✔ Em relação às atividades avaliativas:

As atividades avaliativas serão repensadas e reorganizadas (incluindo as datas) para que nenhum aluno fique prejudicado em relação ao seu processo acadêmico.

Lembramos que as atividades do período de trabalho remoto serão avaliadas como Nota do Professor (conforme circular informativa enviada anteriormente) e que todos já estão dando prosseguimento à construção do Projeto Interdisciplinar.

Em relação às atividades remotas, informamos que todos os alunos que ainda estão em débito com algumas delas poderão colocá-las em dia até o dia 5 de junho, enviando as evidências para as coordenações das unidades. Após esse prazo, não contabilizaremos as atividades atrasadas para a pontuação da nota do professor.

✔ Em relação à Educação Infantil:

Cumpriremos a jornada de 800 horas de aulas exigidas pela LDB (Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional), mas, devido às especificidades e características do segmento, estamos aguardando novas orientações dos órgãos competentes e, assim que estiverem formalizadas, enviaremos comunicado sobre nossas ações.

Por enquanto, estamos seguindo com o envio dos vídeos das professoras, além das atividades da semana.

 

✔ Em relação ao Ensino Fundamental (anos iniciais):

Cumpriremos a jornada de 800 horas de aulas exigidas pela LDB (Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional), mas, devido às especificidades e características do segmento, estamos aguardando novas orientações dos órgãos competentes e, assim que estiverem formalizadas, enviaremos comunicado sobre nossas ações. Lembramos ainda da recomendação do CNE (Conselho Nacional de Educação) para que as atividades realizadas em regime especial de aulas não presencial componham a carga horária total do ano letivo. Sendo assim, seguiremos o que for validado pelos órgãos oficiais, deixando claro que pretendemos garantir o máximo possível de aulas presenciais até o final do ano letivo.

Por enquanto, estamos caminhando com o envio dos vídeos das professoras, além das atividades da semana e os momentos de aulas on-line ao vivo.

Ressaltamos que a proposta para esse segmento vem sendo construída de forma gradativa, com objetivo de qualificar a interação dos professores com os alunos, além de dar sequência ao conteúdo.

 

✔ Em relação ao Ensino Fundamental (anos finais):

Cumpriremos a jornada de 800 horas de aulas exigidas pela LDB (Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional), mas, devido às especificidades e características do segmento, estamos aguardando novas orientações dos órgãos competentes e, assim que estiverem formalizadas, enviaremos comunicado sobre nossas ações. Lembramos ainda a recomendação do CNE (Conselho Nacional de Educação) para que as atividades realizadas em regime especial de aulas não presencial componham a carga horária total do ano letivo. Sendo assim, seguiremos o que for validado pelos órgãos oficiais, deixando claro que pretendemos garantir o máximo possível de aulas presenciais até o final do ano letivo.

Por enquanto, estamos caminhando com o envio das atividades da semana e os momentos de aulas on-line ao vivo com os professores em horários fixos, além das sugestões de videoaulas e acesso à plataforma Eleva, dando continuidade ao conteúdo.

 

✔ Em relação ao Ensino Médio:

Cumpriremos a jornada de 800 horas de aulas exigidas pela LDB (Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional), mas, devido às especificidades e características do segmento, estamos aguardando novas orientações dos órgãos competentes e, assim que estiverem formalizadas, enviaremos comunicado sobre nossas ações. Lembramos ainda a recomendação do CNE (Conselho Nacional de Educação) para que as atividades realizadas em regime especial de aulas não presenciais componham a carga horária total do ano letivo. Sendo assim, seguiremos o que for validado pelos órgãos oficiais, deixando claro que pretendemos garantir o máximo possível de aulas presenciais até o final do ano letivo.

Por enquanto, estamos caminhando com o envio das atividades pela plataforma Eduqo, além de momentos de aulas on-line ao vivo com alguns professores e simulados, dando continuidade ao conteúdo.

 

✔ Em relação aos dias letivos:

Para que todos possam acompanhar de forma efetiva nossas ações em relação aos dias letivos de trabalho, conforme nosso calendário enviado no início do ano letivo, seguem os dias trabalhados:

● Foram 29 dias letivos trabalhados presencialmente antes da Pandemia – de 3 de fevereiro a 18 de março;

● Serão 37 dias letivos trabalhados por meio de atividades remotas – de 19 de março a 15 de maio (leia-se abaixo porque estamos contando até 15 de maio).

 

✔ Em relação ao recesso do mês de julho:

Assim que retornarmos às atividades presenciais, trabalharemos de forma sequenciada, sem interrupção dos dias previstos para o recesso do mês de julho, de forma a contemplar a continuidade do processo pedagógico.

Como última informação, queremos deixar registrado que as férias de professores e alunos será antecipada em 21 dias (do dia 18 de maio ao dia 07 de junho) para que possamos garantir a continuidade do processo quando voltarmos de forma presencial, com o desejo de conseguirmos cumprir as 800 horas dentro do ano civil de 2020. Por isso, neste período, não enviaremos atividades e não faremos aulas on-line ao vivo.

Voltaremos as atividades no dia 08 de junho – 2ª feira, provavelmente, segundo as previsões, ainda de forma não presencial.

 

Deixamos registrado mais uma vez nosso compromisso de atendê-los da melhor forma possível e nos colocamos à disposição para quaisquer esclarecimentos.

Ressaltamos que as unidades parceiras possuem total autonomia para garantir outras medidas, de acordo com cada realidade. Porém, a Rede de Ensino APOGEU aconselha que estas orientações sejam atendidas.

Diante de novas informações, atualizaremos nossa posição.

Atenciosamente,

Equipe APOGEU.

"APOGEU – DOS PRIMEIROS PASSOS AO PRÉ-VESTIBULAR"