Experimento ao vivo no YouTube surpreende alunos

A aula é on-line. Mas a ausência de contato presencial não foi suficiente para inibir a criatividade dos professores da Rede de Ensino APOGEU. Patrícia Barra, professora de Química, demonstrou com maestria o quanto é possível inovar, mesmo em tempos de aulas presenciais suspensas.

Na última aula, transmitida no canal do APOGEU no YouTube, ela realizou um experimento ao vivo, surpreendendo os estudantes que acompanharam ávidos a apresentação.

O tema da aula foi “Eletroquímica: alguns conceitos iniciais”. A discussão foi sobre os processos de oxidação e redução e porque alguns metais tendem a oxidar e a reagir de maneira espontânea, enquanto outros não. A professora mostrou na prática como o metal zinco, em relação aos íons cobre, tende a sofrer oxidação, ou seja, doar elétrons de maneira espontânea. “Ao colocar o fio de zinco em contato com a solução de íons cobre, ele vai reagir de maneira espontânea. Já o inverso, que seria colocar um fio de cobre metálico em contato com a solução de íons zinco, não vai reagir de maneira espontânea.

“A experiência de se adaptar às novas tecnologias tem sido, de fato, muito desafiadora para o professor. Quando tentamos trazer para o aluno o aprendizado de maneira mais completa, a parte experimental, especialmente no estudo de Ciências, tem que estar presente, seja em uma aula presencial ou on-line. É uma tentativa de tornar o conteúdo o mais palpável possível, usando todos os artifícios que temos disponíveis”, finaliza a professora Patrícia Barra.

Desde o dia 18 de março, momento em que foi anunciada a paralisação das aulas como medida protetiva contra o avanço do novo coronavírus, o APOGEU vem investindo na oferta de conteúdos exclusivos, on-line e de altíssima qualidade para manter a rotina de estudos dos alunos em casa.

Para acessar a aula, clique <<<AQUI>>>

"APOGEU – DOS PRIMEIROS PASSOS AO PRÉ-VESTIBULAR"