Como planejar os estudos?

Você sabe qual é a fórmula mágica para alcançar o tão sonhado sucesso nos estudos? Não tem mistério: basta elaborar um bom planejamento de suas atividades!

Uma boa rotina de estudos não exige noites mal dormidas ou privação das atividades de lazer. Boas noites de sono e tempo para diversão são elementos fundamentais para manter a disposição para estudar. A teoria foi comprovada por pesquisas conduzidas pelo cientista Robert Stickgold, da Universidade de Harvard, nos Estados Unidos.

Segundo o professor e coordenador de monitoria da Rede de Ensino APOGEU, Wallace Correa, o ato de planejar é importante para o estudante, porque faz com que ele tenha a dimensão de todos os objetivos que tem  para traçar naquele período de estudo. “O planejamento é muito eficiente para o aluno porque faz com que ele tenha mais tranqüilidade para poder executar o roteiro e, assim, alcançar facilmente os objetivos”, destaca.

Outro fator importante na hora de planejar os estudos é a definição de estratégias para assimilação de conteúdo. O neurologista e professor da Faculdade de Medicina da Universidade Estadual de São Paulo (Unesp), Fernando Coronetti Gomes, em entrevista à Revista “Pais Atentos”, afirma que o desejo de prestar atenção e o interesse promovem uma ativação cerebral em níveis elevados que permitem a memorização das matérias. “Só quando você está ligado no que está fazendo é que o seu cérebro capta adequadamente os estímulos externos, sejam eles a fala do professor ou algo escrito”.

Além de concentração nas tarefas, o aluno pode encontrar outras maneiras de se tornar mais produtivo. Entre elas, está o estabelecimento de prioridades para a mente.

Planejamento de estudos na prática

Maria Eduarda Silva, ex-aluna do APOGEU e maior nota do ENEM 2016 em Juiz de Fora, destaca que o primeiro passo no planejamento de estudos é o respeito a si mesmo. “Se você é uma pessoa que precisa de no mínimo 8 horas diárias de sono para viver não se preocupe, pois também terá o seu lugar na lista de aprovados. Mas, não se iluda acreditando que é possível manter sua rotina habitual enquanto se prepara para um exame tão concorrido”, afirma.

Maria Eduarda atualmente está no 1º período do curso de Medicina da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Um dos segredos? Roteiro de estudos e organização de tarefas. “O que mais me ajudou foi ter uma agenda diária e um caderninho de anotações. Na agenda eu colocava todo o cronograma diário e no caderninho anotava dúvidas e evolução, como todas as redações que eu fiz ao longo do ano e pontuações em simulados”, diz.

Além disso, a estudante conta que grifava as apostilas, fazia TODOS os exercícios e criava métodos de revisão fáceis e eficientes.

O principal conselho que Maria Eduarda deixa aos alunos é: sejam confiantes! “Comece uma prova sempre com o sentimento de aprovação garantido. Você pode estar perdido, mas autoconfiança já melhora o cenário”, conclui.

Abaixo, segue algumas dicas de profissionais para um planejamento de estudos ideal:

 – Quantas horas é preciso estudar por dia?

É importante estar atento à rotina de estudos para não ter fadiga mental. Assim, o aluno pode optar por estudar dois ou três períodos de duas horas ao longo do dia sempre respeitando as pausas para o descanso.

 –  Como organizar os estudos?

Para organizar os estudos, o aluno deve montar uma tabela e marcar em cada dia as disciplinas que pretende estudar. Além disso, conforme a matéria é dada em sala ele pode também ir detalhando os conteúdos e as metas.

 – Quanto tempo dura um plano de estudo ideal?

Cada aluno tem um objetivo. O que todos podem fazer é estabelecer metas de curto prazo. Quanto mais metas forem cumpridas, maior será a motivação!

 – Como controlar o cumprimento do plano de estudos?

Risque na tabela cada tarefa realizada. O que não foi realizado ou cumprido no cronograma deve ser realizado em um horário extra na próxima semana.

Outra dica importante: deixe sempre períodos livres para eventuais reposições.

 – Identifique o melhor método de estudo:

O importante é identificar o método de estudo que vai trazer melhor rendimento para o estudante. Ele pode optar por estudar do jeito tradicional, ou seja, através de leitura ou implantar novos recursos como audiobooks e vídeos aula.

"APOGEU – DOS PRIMEIROS PASSOS AO PRÉ-VESTIBULAR"