Cinco razões para comprar em brechós

Como combinar o desejo por uma roupinha nova ao mesmo tempo em que tentamos consumir de forma mais consciente? Quando bater aquela vontade de vestir algo novo, a melhor opção é ir a um brechó!

Esqueça aquele estigma de “coisa velha” e com cheiro de naftalina. Atualmente, o negócio é algo visto como sustentável e descolado, e o melhor, com precinhos que cabem em qualquer bolso. Prova disso é que, mesmo em tempos de crise, em que diversas redes de moda vêm sendo afetadas, o mercado de brechós continua em franca expansão.

Para Aline Azevedo, à frente da Rata de Brechó, em Juiz de Fora, os benefícios são vastos. “Tenho experiências com brechós desde a minha adolescência e foram sempre magníficas. Inicialmente, quando comecei a frequentá-los, o que me encantou foi a diversidade de produtos, a cada visita eu tinha surpresas diferentes e agradáveis. O inesperado é apaixonante. Não é como entrar em uma loja de departamento e não se surpreender, porque de repente você já viu a coleção antes no site ou em vitrines”, destaca.

A empresária ainda destaca a questão sustentável por trás da iniciativa. “A cadeia produtiva da moda pode ser muito cruel e envolve a produção de muito lixo têxtil, exploração de mão de obra e a produção e consumo excessivos. Por isso, os brechós são soluções excelentes para aproveitarmos o que já está produzido, sem a necessidade de se explorar mais recursos naturais. Por fim, ainda é possível ter acesso a produtos de alta qualidade que alguém já pagou muito caro e repassou. Dessa forma, outras pessoas podem adquirir as peças, com valores cada vez menores, fazendo com que a mesma peça gire em todas as classes sociais”, finaliza Aline.

Confira cinco razões para comprar em brechós:

  1.     Consumo responsável: você evita desperdício e reduz impactos ambientais.
  2.  Peças exclusivas: os acervos de brechós contêm de vintage a roupas de grife, além de coleções exclusivas que muito provavelmente não estão disponíveis em nenhum outro lugar.
  3.     Roupas com história para contar: compre algo que pertenceu a alguém em que você quer se espelhar ou que tenha uma boa energia. Essas conexões emocionais já são exploradas por muitos brechós, que contam a história das peças em suas etiquetas.
  4.  Garimpo divertido: revirar as araras em busca de peças originais é uma experiência muito divertida. Podemos compará-la a uma caça ao tesouro, consciente e totalmente econômica.
  5.    Preços camaradas: roupas usadas são em média 40-60% mais baratas que peças novas, sem contar que a qualidade normalmente é superior.

E aí? Animado com essa possibilidade de garimpar pela cidade? Disponibilizamos também alguns brechós em Juiz de Fora para você conhecer e se encantar!

Apoema

Rua Santo Antônio, 443 – Centro – Juiz de Fora – MG

(32) 98899-9452

Média de preços: A partir de R$20,00

 

Mistura Fina Brechó

Avenida Barão do Rio Branco n° 1491 – Centro – Juiz de Fora – MG

(32) 9971-8756

Média de preços: A partir de R$20,00

 

Rata de Brechó

Rua Luiz Detsi, 16 – São Mateus – Juiz de Fora – MG

(32) 98813-5046

Média de preços: Os valores variam de R$ 10 a R$ 100.

 

Desapego

Avenida Olegário Maciel, 1849 – Paineiras – Juiz de Fora – MG

(32) 99168-9538

Média de preços: Os valores variam de R$ 15 a R$ 49, com exceção das roupas de festa que vão de R$ 79,90 a R$ 139,90. Banca fixa de promoção no valor de R$ 10.

Espaço Biss Adulto e Infantil

Rua Espírito Santo, 797 – Centro – Juiz de Fora – MG

(32) 3084-7788

Média de preços: Banca de R$ 5 e R$ 10 que possuem pequenos defeitos. Nas araras os valores variam de R$ 12,90 a R$ 39,90, com exceção das roupas de festa que vão de R$ 59,90 a R$ 89,90.

 

Lujinha 405

Avenida Barão do Rio Branco, 2053, sala 405 – Centro – Juiz de Fora – MG

(32) 98469-6604

Média de preços: A partir de R$30,00.

"APOGEU – DOS PRIMEIROS PASSOS AO PRÉ-VESTIBULAR"