APOGEU é única escola da cidade na Olimpíada Brasileira de Robótica

Desde 2012, a Rede de Ensino APOGEU conta com o Projeto Olímpico, que incentiva os estudantes a participarem de provas olímpicas de níveis regionais a internacionais.

Neste ano, o APOGEU possui duas equipes que estão representando Juiz de Fora na Olimpíada, considerada o maior evento de robótica da América Latina. A partir dela, as equipes são classificadas para a RoboCup, a maior do mundo.

A Olimpíada Brasileira de Robótica

A Olimpíada Brasileira de Robótica (OBR) é uma das olimpíadas científicas brasileiras que utiliza a robótica como pano de fundo.  As atividades acontecem por meio de competições práticas com robôs e provas teóricas em todo o território nacional. O objetivo é estimular os jovens às carreiras científico-tecnológicas, identificar novos talentos e promover debates e atualizações no processo de ensino-aprendizagem brasileiro.

A OBR possui duas modalidades: Prática e Teórica, que procuram adaptar-se tanto ao público que nunca viu robótica quanto ao público de escolas que já têm contato com a robótica educacional.

A Modalidade Teórica acontece nas escolas em que os estudantes estão matriculados e em sedes regionais, nas quais os participantes vão responder a questões de uma prova escrita, preparada por uma Comissão de Professores e Pesquisadores da OBR. Será uma única fase para o Ensino Fundamental e duas fases para o Ensino Médio e Técnico. 

Já a Modalidade Prática acontece através de competições Regionais e Estaduais que classificam as equipes de estudantes para uma final Nacional. Neste ano, devido à pandemia de Covid-19, a Modalidade Prática da OBR será virtual e dividida em duas categorias: Modalidade Simulação e Modalidade Apresentação.

APOGEU na OBR

Os alunos do APOGEU disputam a Modalidade Prática na categoria de Simulação do nível 2, que é direcionado para estudantes de 8º e 9º ano do Fundamental Anos Finais e todos anos do Ensino Médio. A competição acontece por meio de uma simulação em que o objetivo é utilizar robôs virtuais para realizar o resgate de vítimas de uma situação de desastre. Os robôs devem ser ágeis para superar períodos difíceis, transpor caminhos, desviar de elementos desconhecidos, retornar um percurso sem saída e subir e descer níveis para conseguir salvar as vítimas.

“A participação do APOGEU na OBR se apresentou como uma oportunidade de representar a nossa Juiz de Fora em uma importante competição nacional. Um tema muito debatido nas escolas e comunidades científicas é a utilização da tecnologia em prol da educação. Por meio da robótica, nossos alunos estão motivados e interessados no crescimento e desenvolvimento da relação tecnologia e educação. É um orgulho para o APOGEU dar incentivo e apoio aos nossos alunos por meio do conhecimento científico para o desenvolvimento de um mundo conectado”, relata Euler Ávila, coordenador do Projeto Olímpico e das turmas militares do APOGEU.

A etapa de Simulação será realizada no dia 14 de agosto e a divulgação dos classificados para a etapa nacional acontece no dia 30.

 

 

Fonte: Olimpíada Brasileira de Robótica

"APOGEU – DOS PRIMEIROS PASSOS AO PRÉ-VESTIBULAR"