Alunos do APOGEU brilham nas piscinas

Dois jovens e um sonho: disputar uma olimpíada, competindo entre os melhores do mundo na natação. Alunos do Ensino Médio do APOGEU e atletas do Clube Bom Pastor, Paula Ferrari e Claudio Alves estão em Recife (PE), para participar da primeira edição do Campeonato Brasileiro de Natação desde que as competições foram interrompidas em função da pandemia de Covid-19.

E ela ainda vai encarar, em agosto, o Troféu José Finkel, em Bauru (SP).

Acostumados com a piscina desde criança, tanto Paula, de 16 anos, quanto Claudio, 15 anos, se sentem gratos por tudo o que experimentam com o esporte. Atletas federados, ou seja, ligados à Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos, os dois têm uma rotina pesada de treinos e já colecionam pódios na carreira profissional iniciada em 2019. Claudio tem duas medalhas de prata ganhas nas edições do Brasileiro de 2019 na categoria juvenil, nadando borboleta, e Paula foi campeã do Mineiro na categoria júnior, nos 100m e 200m peito, 50m e 100m livre, 200m medley e 200m costas, por exemplo.

Pupilos do renomado e experiente treinador, Álvaro Cebola, os dois são só elogios ao apoio e ao incentivo que recebem do APOGEU e que torna possível conciliar a rotina pesada do esporte com os compromissos da formação escolar. Este, aliás, foi o motivo que levou Paula a mudar de colégio no ano passado e a escolher o APOGEU. Claudio, que veio do Rio de Janeiro, e que também se matriculou em 2020, disse que teve ótimas referências. Ambos estão bastante satisfeitos com as escolhas e destacam a metodologia e o apoio dos coordenadores.

Antes de realizar o sonho olímpico, Claudio sabe que tem um longo percurso pela frente e, por isso, seu próximo passo é se tornar um atleta das Forças Armadas. Paula, que tem visto os resultados de seus esforços se materializarem com os pódios nas competições que disputa, deseja também abraçar uma profissão que esteja atrelada ao esporte, como Fisioterapia ou Nutrição. A adolescente, que sempre foi muito ativa, considera os companheiros da natação como sua segunda família. “Me sinto muito bem entre eles”, diz, ao destacar que a prática esportiva aumenta sua imunidade, disposição e vontade de realizar seus objetivos.

Fã de Michael Phelps, nadador americano que conquistou trinta e sete recordes mundiais e o maior número de medalhas de ouro olímpicas em uma única edição, Claudio explica que o desejo de competir profissionalmente veio quando pisou no pódio pela primeira vez. “Naquele momento, entendi que era isso o que eu queria para a minha vida”, afirma. Se depender do APOGEU, tanto ele quanto Paula sentirão esse gostinho ainda por muito mais vezes.

"APOGEU – DOS PRIMEIROS PASSOS AO PRÉ-VESTIBULAR"