6 temas quentes para a Redação do ENEM 2017

Quando o assunto é Redação do ENEM, os alunos costumam se preocupar com temas extremamente atuais e que estejam “em circulação”. Mas, não é bem assim!

Segundo a professora de Redação da Rede de Ensino APOGEU, Vanessa Ramos, é fundamental que o aluno se concentre em temas que tratem da realidade. Portanto, a grande probabilidade é que a Redação do ENEM 2017 apresente uma temática do cotidiano e que necessite ser problematizada e discutida.

Abaixo, seguem 6 possíveis temas para a Redação do ENEM 2017, de acordo com a professora Vanessa. Confira e pratique!

 

  1. Mobilidade Urbana e Qualidade de Vida

É um dos temas fortes para este ano. A questão da mobilidade urbana, considerando os ciclistas, os meios de transportes públicos, a acessibilidade de deficientes físicos, são importantes abordagens para esse assunto. É algo que vem sendo discutido nas grandes cidades, como o caso do descaso com o transporte público e a mobilidade urbana como um direito de todos.

Vale ressaltar que não é um tema que deve responsabilizar apenas um agente, como o governo, deve-se pensar na sociedade como um todo.

  1. A crise do Sistema Carcerário Brasileiro

Outro tema importante que vem sendo alvo de grandes discussões em várias esferas da sociedade. É um assunto em que é possível trabalhar com dados estatísticos, argumentos históricos e, principalmente, causas dessa crise nas prisões brasileiras.

Neste ano, alguns livros como os de Dráuzio Varela, que tratam dessa questão, estão vindo à tona a partir de lançamentos. Porém, esse já é um problema que vem se consolidando através das constantes rebeliões e dos projetos que surgem para tentar amenizar, como o recolhimento de absorventes para o público feminino carcerário.

  1. Caminhos para o combate ao preconceito linguístico no Brasil

Nesse tema, o foco deve ser a diversidade linguística que compõe a sociedade brasileira. Frases comuns como “o sotaque dele é horroroso” são exemplos de que o preconceito linguístico é visto como algo normal, mas não é. E a chave é trabalhar com esse senso comum. Além disso, é importante problematizar os casos de preconceito e pensar em como isso pode ter relação com a história da formação da sociedade brasileira (índios, negros, brancos). Uma das dificuldades desse tema é propor os agentes na conclusão.

Desse modo, é mais interessante não focar somente em governo, mas todas as esferas da sociedade e pensar em como nós mesmos podemos mudar essa realidade.

 

  1. Demarcação das terras indígenas

É um tema que vem surgindo em discussões como em projetos de lei que favoreceriam os índios. Assim, um dos focos desse assunto é apresentar o problema pensando nas possíveis causas que fazem com que essa demarcação ainda não ocorra, mesmo estando na lei.

 

  1. Os limites entre a estética e a saúde

Nesse tema, é importante focalizar em problemas como anorexia, bulimia, excesso de cirurgias plásticas e o padrão de beleza. O trabalho com as causas e as consequências é uma importante estratégia a ser utilizada. Comparar usando dados estatísticos também é um ponto a ser apresentado. Nesse assunto, a chave é discutir até onde se pode ir para seguir um padrão de beleza.

  1. O consumo de álcool e drogas entre jovens

O tema das drogas é algo muito presente nas nossas vidas. Desse modo, esse tema é outro que traz uma problemática discutida há tempos: os jovens estão cada vez mais abusando de álcool e drogas! Temas como a “Lei Seca” questionam esse abuso do álcool, mas no assunto proposto, o foco seria o consumo cada vez mais precoce de álcool e drogas.

Nesse assunto, é importante trabalhar com exemplos, comparação entre países, possíveis causas e consequências e procurar associar com dados estatísticos.

"APOGEU – DOS PRIMEIROS PASSOS AO PRÉ-VESTIBULAR"